Nova Via de acesso empaca na Cimentos Liz

August 11, 2017

Carretas, bitrens, carregados de cimento e afins são comuns circulando 24h no centro de Vespasiano

 

Sete anos se passaram e o projeto da “Nova Via de Acesso” que retiraria o trânsito pesado do centro da cidade só ficou no papel. A indústria Cimentos Liz, maior responsável pelo fluxo de carretas transitando no centro, custearia o projeto conforme convênio assinado em 2010, mas até hoje não saiu do lugar.  A prefeitura da cidade ficou responsável por fazer as desapropriações necessárias e construir um novo terminal rodoviário, o que foi feito, e o DER a elaboração do projeto, o que também foi feito e entregue a empresa no ano de 2013. Cabe agora ao Governo do Estado licitar a obra e a Cimentos Liz custear, conforme foi assinado e acordado.

A morosidade do processo e a negligência da empresa ainda estão gerando outros transtornos à população. Além do trânsito caótico e da poluição sonora proveniente dos veículos pesados, agora a população convive com o abandono da antiga Rodoviária, que deveria ter sido demolida para a passagem da nova via.

Quem passa pelo antigo terminal rodoviário no bairro Caieiras, desativado em 2016, sente na pele os impactos do seu abandono. O local traz sensação de insegurança para quem mora e trabalha nas proximidades, já que não há iluminação, moradores de rua se abrigam no espaço, além da sujeira que degrada a imagem do terminal.

O senhor Liberato dos Anjos Pereira, que mora próximo ao antigo terminal, disse que após as 18 horas não sai de casa. “Ali tem prostituição, pessoas se drogando, falta de segurança. Por que não instalam ali uma unidade da polícia ao invés de pagarem aluguel no centro da cidade e deixar marginal tomando conta?”, questiona o aposentado.

A proprietária da Equilíbrio Fitness, Tatiana Marani, é uma das comerciantes que sofre com o trânsito pesado na avenida Prefeito Sebastião Fernandes. “É muito barulho e poeira o dia todo. Para atender bem um cliente tenho que manter a porta fechada senão mal consigo ouvir a pessoa. Pela horário do almoço e no final do término do expediente a gente sofre com o engarrafamento. Uma solução seria desviar o trânsito pesado para alguma outra via,” explica.

Outro que sofre com o caos da avenida é Marcelo Aloísio de Moura, proprietário da Requinte das Flores. “Convivemos há seis anos, diariamente, com o congestionamento, poeira, barulho, caminhão pesado quando passa trepida a estrutura da loja, o desrespeito com o pedestre, além de alguns carros que estão estacionados na avenida serem atingido por veículos que passam muito próximo a eles. Se o acesso desse caminhões fossem em outra via o nosso acesso seria melhor,” desabafa.

 

 

Por meio da Divisão de Comunicação, a Empresa de Cimentos Liz informou que a construção da via municipal, que permitirá acesso à Linha Verde, seguirá o rito definido no Termo de Cooperação Técnica. A obra será licitada e fiscalizada pelo DER/MG, conforme o termo firmado. A empresa alega que, o cenário econômico e a crise financeira nacional afetam drasticamente todos os segmentos, principalmente o da construção civil, base da economia e dos negócios da ECL.

 

Em nota, a Prefeitura de Vespasiano informou que em 2010 foi firmado um convênio com a Cimentos Liz para tirar o trânsito pesado do centro da cidade e dar mais agilidade ao escoamento da produção da empresa, que na época ampliaria a fábrica e aumentaria a produção de cimento.  Em relação ao antigo Terminal Rodoviário, se a obra da via de acesso for realizada, ele vai ser demolido para dar lugar à via.   

 

Ainda de acordo com o órgão, em 2013, o DEER-MG, Departamento de Estradas e Rodagens de Minas Gerais, apresentou e entregou juntamente com a Cimentos Liz, o projeto da via para a Prefeitura de Vespasiano. No convênio, a Prefeitura de Vespasiano teria que realizar as desapropriações (como foi realizado), e a construção de um novo Terminal Rodoviário (também realizado). Em contrapartida, a Cimentos Liz executaria a obra com a antecipação de receita, ou seja, o dinheiro usado para a obra seria de pagamentos de impostos ao Estado de Minas Gerais.

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Por Trás do Blog
Leitura Recomendada
Procurar por Tags
Please reload

Siga "PELO MUNDO"
  • Facebook Basic Black
  • Twitter Basic Black
  • Google+ Basic Black

PARTICIPE COM O EM DIA!

(31) 98304-6679

Redação: rua 27 de dezembro, 244, Názia.

Vespasiano-MG

Telefone: (31) 3991-0913

email: redacao@jornalemdia.com